© 2017 Fábio Magalhães.

O Grande Corpo

Justino Marinho

Quem observa as telas de Fábio Magalhães tem a imediata impressão de estar diante de uma fotografia e não de uma pintura, tal o realismo da imagem que o artista recria.

Longe de ser uma mera reprodução da realidade, as imagens recriadas por ele aparecem carregadas de emoções fortes, conseguindo transmitir não apenas os traços, as cores, os volumes e as aparências, mas também os seus próprios sentimentos.

Para pintar, Fábio utiliza fotografias de partes do seu próprio corpo, feitas com base em esboços elaborados previamente. Posteriormente, as imagens fotografadas são revisadas e recebem a sensibilidade do toque. São retirados ou acrescentados elementos, capazes de produzir uma dramaticidade que revela um artista sensível as possibilidades da arte e principalmente da vida. Um feito que vai muito além da técnica.

As nove pinturas que formam a exposição O Grande Corpo, foram pensadas como se fosse um único e grande trabalho. O artista fez recortes de partes expressivas da sua anatomia, explorou a dubiedade de certas imagens, acrescentou doses de erotismo em algumas delas e percorreu sem meias intenções o seu mundo interior.

Seu interesse maior é a figura, é para ela que ele faz convergir o olhar, por isso evita qualquer coisa que subtraia esse foco. O fundo da cena é isento de contextos particulares. O espaço e o tempo são indefinidos. O espectador não fica submetido a contextos determinados. Cada um pode contextualizar a imagem apresentada dentro das suas próprias vivencias e sentimentos.
A pintura passou a fazer parte da vida do artista, quando,ainda criança, em sua cidade natal, no interior da Bahia, observava as reproduções do trabalho de artistas como Picasso, Caravaggio, Jackson Pollock e tantos outros mestres, numa enciclopédia comprada por seu pai. Fabio Magalhães cursou a Escola de Belas da Universidade Federal da Bahia, é um artista ainda muito jovem, mas com uma experiência bastante significativa em vários segmentos das artes visuais. A execução de uma pintura contemporânea e de excelente qualidade é apenas um dos seus muitos méritos. Ele tem mostrado suas largas possibilidades em salões e exposições que vem participando com regularidade, sempre atraindo olhares de admiração.

The Great Body

Justino Marinho

Anyone who sees Fábio Magalhães´s paintings has the immediate impression of seeing a photograph instead of a painting due to the realism of the image that the artist portraits.

Far from being a mere reproduction of reality, the images recreated by him appear full of strong emotions, transmitting not only the traces, the colors, the volumes and the looks, but also his own feelings.

To paint, Fábio uses photographs of his own body parts, made from drafts previously elaborated. Later on, the photographed images get revised and receive the sensibility of his touch. Added elements are removed, which are able to produce a dramaticity that reveals an artist sensitive to the possibilities of art and mainly of life. An effect that goes much beyond technique.

The nine paintings that make the exhibition The Great Body, were thought as only one and big art piece. The artist made cuts of expressive parts of his anatomy, explored the double meaning of some images, added doses of eroticism to some of them and went through without half intentions.

His main interest is figure, he drives people´s eyes to it, so he avoids anything that may subtract this focus. The scene background doesn´t have specific contexts. Space and time are indefinite. The expectator doesn´t get attatched to determined contexts. Each person can textualize the image into his or her own experiences and feelings.

Painting started being part of the artist´s life when he, as a child, in his hometown, in Bahia´s countryside, used to observe the art pieces by Picasso, Caravaggio, Jackson Pollock and many other masters, in an encyclopedia bought by his father. Fábio Magalhães attended the Fine Arts School at the Federal University of Bahia, he´s still a very young artist, but he already has a quite meaningful experience in various segments of visual arts. The execution of a contemporary painting and of excellent quality is only one of his many merits. He has shown his vast possibilities in shows and exhibitions in which he´s been taking part with regularity, always provoking reactions of admiration.

Este site observa a Lei de Direitos Autorais

Pin It on Pinterest